808 205 000

Linha Verde



A empresa

Notícias

Contactos

Serviços

Água de Consumo

Saneamento

Recolha de Resíduos

Cro

Agere Kids

Serviços Online

Clientes

Perguntas frequentes

Tarifários

Informações



A empresa

Notícias

Contactos

Serviços

Água de Consumo

Saneamento

Recolha de Resíduos

Cro

Agere Kids

Serviços Online

Clientes

Perguntas frequentes

Informações

Tarifários



A empresa

Notícias

Contactos

Serviços

Água de Consumo

Saneamento

Recolha de Resíduos

Cro

Agere Kids

Serviços Online

Clientes

Perguntas frequentes

Informações

Tarifários

CENTRO DE RECOLHA OFICIAL

Uma casa temporária para animais de companhia

O CRO – Centro de Recolha Oficial de Braga é o alojamento formal para animais que necessitam de acolhimento, por serem abandonados, errantes ou entregues aos cuidados de terceiros.

Em caso de abandono ou encontro na via pública, a AGERE procede à captura, acolhimento e prestação de cuidados médicos e de higiene.
As instalações do CRO, recentemente renovadas, dispõem de ótimas condições e constituem uma referência a nível nacional.

CRO – O que nos move

Os serviços prestados do CRO centram-se em 3 eixos: controlo sanitário, saúde e bem-estar animal.

Controlo Sanitário
Vigiar zoonoses graves, como o caso da raiva, e controlar a sua propagação.
Saúde Animal
Garantir a saúde animal é uma prioridade do CRO. Um animal na rua, sem a proteção do detentor, tem sérias dificuldades em aceder a água, alimento e abrigo.
Bem-estar Animal
O CRO promove a detenção responsável e a recolocação dos animais por cedência a outro detentor, contribuindo para a melhoria do bem-estar do animal.

Cheque-veterinário

O Município de Braga, em parceria com a Ordem dos Médicos, participa no Programa Nacional de Apoio à Saúde Veterinária para Animais de Companhia em Risco. Este, garante a prestação de auxílio a famílias carenciadas, nomeadamente, através do Cheque Veterinário.
O que é o cheque veterinário?
O Cheque Veterinário visa a prestação de cuidados de saúde aos Animais em Risco. Entre outros tratamentos, o cheque refere-se à vacinação, desparasitação, esterilização e urgências 24 horas.

As atividades abrangidas por este Programa, incidem sobre a implementação do Plano de Cuidados de Saúde Veterinária (PCSV) aos Animais em Risco. Isto, mediante a atribuição de Cheques Veterinários a Animais Errantes, capturados pelos Centros de Recolha Oficiais (CRO); Colónia de gatos sob a responsabilidade da autarquia; Animais de famílias carenciadas (devidamente identificadas pelo Município).

Urgência médico-veterinária

O CRO dispõe de uma viatura de emergência médico-veterinária, que está disponível 24 horas/dia, sob a responsabilidade dos Bombeiros Sapadores de Braga.

O serviço é prestado em articulação com as autoridades policiais, o Centro de Recolha Oficial (CRO), a médica veterinária do município e 2 hospitais veterinários do concelho.

Número de Emergência Médico Veterinária: 253 278 488

Tem um animal doméstico? Seja um detentor responsável.

Identificação
Obrigatório o uso para todos os cães que circulem na via pública.
Vacinação
A não administração da vacina constitui uma contra-ordenação.
Registo
Tem de ser registado na Junta de Freguesia da sua área de residência.
Bem-Estar
Cumpra com os Cinco Mandamentos do Bem-Estar dos Animais
Passeio
Saiba como deve proceder com os dejetos do seu animal doméstico.
Raças perigosas
Raças potencialmente perigosas exigem cuidados especiais.
PolÍtIcas de proteção
Conheça todas as medidas e iniciativas implementadas.
Cuidados a ter com o seu Animal Doméstico

REDE OTIMIZADA

O CRO possui 27 boxes para gatos e 32 boxes para cães, divididas em ala A (1-20), ala B (21-26) e ala C (27-30). Detém ainda 2 boxes de quarentena (31 e 32).

Para recreio, integra 24 parques exteriores para cães e 1 parque exterior para gatos.

Recolha de resíduos

Está a pensar adotar?

Os animais adotados no Centro de Recolha Oficial (CRO) de Braga são sujeitos a um protocolo de vacinação e desparasitação interna e externa. Todos os animais com idade superior a 6 meses são esterilizados e entregues para adoção responsável com identificação eletrónica e registo no SIAC. Em cumprimento da legislação em vigor, salvo idade inferior a 3 meses, os animais saem com vacinação antirrábica.

Os animais com idade inferior são acompanhados por documento de atestado de isenção temporária de esterilização (documento MVM). Todos os animais que por razões médicas vejam impossibilitado o cumprimento da legislação em vigor (vacina anti-rábica, identificação eletrónica ou outros) são acompanhados com o respetivo atestado médico de isenção temporária.

No momento da adoção, é assinado pelo detentor o termo de responsabilidade de adoção e um esclarecimento adicional ao processo de adoção do animal.

As visitas para adoção funcionam mediante pré-marcação.

De 2ª a 6ª feira, entre as 14h e 17h

253 205 000 ou crobraga@agere.pt

* Durante a visita, é obrigatório uso de máscara, cumprimento das regras de distanciamento social e etiqueta respiratória.

Mensalmente, o CRO organiza um open day. Este, realizado ao sábado durante todo o dia, destina-se à concretização de visitas para adoção.

*Medida suspensa pelo plano de contingência COVID-19.

O que deve saber antes de adotar um animal?

Requisito 01

Está preparado para um compromisso a longo prazo?

Em média, um animal de companhia tem uma vida estimada entre 15 a 20 anos. Por isso, é importante que, quando decidir adotar, reflita sobre eventuais mudanças e imprevistos que a vida lhe irá proporcionar. Posto isto, o animal deve ser considerado como parte integrante da família.

Requisito 02

Porque pretende adotar um animal de companhia? Existe consenso na família?

Deve certificar-se de que todas as pessoas com uma palavra a dizer sobre o assunto, concordam com a entrada de um animal na família.

Requisito 03

Tem tempo para se dedicar a um animal?

Ter um animal de companhia implica ter disponibilidade de tempo para alimentá-lo, passeá-lo (no caso de um cão), prestar-lhe os cuidados de higiene, educá-lo e fazer-lhe companhia todos os dias.

Requisito 04

Tem disposição para aceitar imprevistos e “acidentes”?

Mobília riscada, objetos roídos, urina em casa e emergências veterinárias são situações inerentes a ter um animal de companhia e para as quais devemos estar preparados para aceitar com naturalidade.

Requisito 05

Está preparado para cuidar responsavelmente de um animal e educá-lo?

Cuidar de um animal de companhia de forma responsável implica medidas como passeá-lo sempre pela trela, nunca o deixar vaguear fora de casa, proporcionar-lhe assistência veterinária sempre que necessário, identificá-lo, mantê-lo em segurança e com todos os cuidados de alimentação e abeberamento, exercício e espaço.

Requisito 06

Quem cuidará do animal quando se ausentar?

Certifique-se de que pode contar com familiares ou amigos de confiança que se responsabilizem por cuidar.

Requisito 01

Está preparado para um compromisso a longo prazo?

Em média, um animal de companhia tem uma vida estimada entre 15 a 20 anos. Por isso, é importante que, quando decidir adotar, reflita sobre eventuais mudanças e imprevistos que a vida lhe irá proporcionar. Deve preparar-se para manter o animal como parte integrante da família.

Requisito 02

Porque pretende adotar um animal de companhia? Existe consenso na família?

Há duas questões que deve pensar antes de adotar: Porque pretende adotar um animal? Existe consenso familiar para a adoção?

Este são dois aspetos que alicerçam a adoção responsável e sobre os quais deve refletir antes de tomar a decisão. É importante que o animal seja desejado por todos os elementos da família.

Requisito 03

Tem tempo para se dedicar a um animal?

Um animal de companhia requer disponibilidade de tempo para o cuidar. Prestar cuidados de higiene, alimentação, educá-lo e passeá-lo implica alteração da rotina quotidiana e deve ser ponderado antes da decisão.

Requisito 04

Tem disposição para aceitar imprevistos e “acidentes”?

Mobília riscada, objetos roídos, urina em casa e emergências veterinárias são situações próprias quando se tem um animal de companhia e para as quais devemos estar preparados, de forma a aceitar com naturalidade.

Requisito 05

Está preparado para cuidar responsavelmente de um animal e educá-lo?

Ter um animal ao seu cuidado implica conhecer medidas básicas como:

  • Passeá-lo sem com a trela colocada;
  • Não o deixar vaguear fora de casa;
  • Proporcionar-lhe assistência médica sempre que necessário;
  • Identificá-lo legalmente (chip);
  • Mantê-lo em segurança;
  • Garantir-lhe a alimentação adequada;
  • Permitir-lhe a prática de exercício físico;
  • Destinar-lhe um espaço confortável.
    E mimá-lo, claro!
Requisito 06

Quem cuidará do animal quando se ausentar?

Certifique-se de que pode contar com familiares ou amigos de confiança que se responsabilizem por cuidar.

em colaboração com