fbpx

253 205 000

Linha Verde



A empresa

Notícias

Contactos

Serviços

Água de Consumo

Saneamento

Recolha de Resíduos

Cro

Agere Kids

Serviços Online

Clientes

Perguntas frequentes

Tarifários

Informações



A empresa

Notícias

Contactos

Serviços

Água de Consumo

Saneamento

Recolha de Resíduos

Cro

Agere Kids

Serviços Online

Clientes

Perguntas frequentes

Informações

Tarifários



A empresa

Notícias

Contactos

Serviços

Água de Consumo

Saneamento

Recolha de Resíduos

Cro

Agere Kids

Serviços Online

Clientes

Perguntas frequentes

Informações

Tarifários

AGERE, Braval e TUB apostadas numa mobilidade mais verde

23, Ago 22 | Novidades

Município de Braga e as suas empresas municipais têm vindo a investir, cada vez mais, em veículos elétricos. A intermunicipal Braval, apesar de não ter camiões elétricos ou híbridos, conseguiu classificação energética B.

AGERE, Braval e TUB estão apostadas em promover uma mobilidade mais verde no concelho de Braga. Até junho de 2023, os Transportes Urbanos de Braga querem que 60% da sua frota diária seja movida a energia mais amiga do ambiente.

Este ano a empresa municipal viu aprovada a terceira candidatura ao POSEUR – Programa Operacional de Sustentabilidade e Eficiência no Uso dos Recursos – que possibilita a aquisição de 30 veículos elétricos, num investimento que ronda os 15,8 milhões de euros.

Á RUM, o administrador dos TUB, Teotónio dos Santos, avança que assim que estes 30 veículos cheguem às instalações da empresa municipal serão enviados alguns dos autocarros mais velhos para “abate”. Estas aquisições vão permitir reduzir de 15 para 12 a média de idades do parque automóvel dos TUB.

O Município de Braga aderiu, recentemente, ao Pacto Climático Europeu. Uma das metas passa por garantir que mais de 20%da frota municipal é movida a energia elétrica, híbrida ou a hidrogénio. De acordo com a vereadora com a pasta da mobilidade na Câmara de Braga, Olga Pereira, a autarquia adquiriu duas viaturas elétricas.

No caso da AGERE e Braval, o administrador e presidente do conselho de administração, Rui Morais, adianta que para já não está no seu horizonte proceder à compra de camiões elétricos, visto que não possuem um grau de fiabilidade confortável para a tonelagem que diariamente os veículos transportam. Contudo, revela aos microfones da Universitária que serão adquiridos entre 5 e 10 veículos de apoio à limpeza urbana, no caso da AGERE, e para apoio administrativo, na Braval, um investimento que rondará os 150 a 300 mil euros. Estas novas viaturas irão substituir carros mais antigos da frota que conta com a classificação energética tipo B. Um resultado “bastante acima da média” quando comparado com outras empresas desta tipologia, segundo o responsável. 

Este artigo foi redigido pela Vanessa Batista e publicado a 10/08/2022 na RUM.