fbpx

CONFERÊNCIA: 25 Anos AGERE

No Caminho Para a Sustentabilidade Integral

21 de Fevereiro | Altice Forum Braga

Conheça o programa

Conheça os oradores

Conheça os oradores

Sobre a Conferência

Por um futuro mais verde e responsável

Impulsionados pela visão de um amanhã mais responsável, convocamos especialistas para um encontro que se destina a explorar estratégias e a debater os desafios inerentes à sustentabilidade, não apenas no plano empresarial, mas também considerando o crescimento económico e os impactos sociais. A Conferência “No Caminho Para a Sustentabilidade Integral” representa a celebração de um percurso de 25 anos de partilha de conhecimentos e experiências, e uma oportunidade de debate para que, juntos, possamos pensar soluções que redefinam os padrões de sustentabilidade, por um futuro mais equitativo e ecologicamente mais consciente.

Pilar Ambiental

O painel será dedicado à adoção de estratégias de preservação e conservação dos recursos hídricos, nomeadamente pela reutilização de águas residuais, e na minimização da produção de resíduos e na sua valorização, sendo apresentadas,  as soluções mais sustentáveis para a gestão de lamas de ETAR´s, uma das principais preocupações das Entidades Gestoras.

Pilar Económico

No que toca ao pilar económico, pretende-se abordar a sustentabilidade na sua perspetiva empresarial, tendo em consideração a realização de investimentos enfatizando a correta gestão de recursos e a minimização de impactos ambientais e sociais. Enquadram-se neste tema as questões associadas à eficiência energética e às novas tecnologias de produção de energia através do tratamento de águas e resíduos.

Pilar Social

O Pilar Social dará enfase à Responsabilidade Social e como a criação de valor por uma empresa deverá ser partilhada com a comunidade. Neste tema será igualmente abordado o tema do apoio social a países em situações de emergência através da disponibilização de água potável e como se podem homenagear os colaboradores de uma empresa dando uma segunda vida ao fardamento em fim de vida.

Programa

Host: Catherine Pereira

09h30

Receção dos participantes

10h00

Sessão de Abertura

Rui Morais  –  Presidente do Conselho de Administração da AGERE
José Pimenta Machado  –  Vice-presidente da APA

10h30

Apresentação | Visão Global

Filipa Pantaleão – Secretária-geral do BCSD Portugal

Apresentação | Visão Local

Hélder Costa – Secretário Executivo  para o Desenvolvimento Sustentável | Município de Braga

Apresentação | AGERE

Há 25 anos No Caminho Para a Sustentabilidade Integral

Sofia Vieira – Diretora Geral AGERE

11H30

Coffee Break

11H45

Painel de Debate

Sustentabilidade | Pilar económico

Moderador – Pedro Santos – Diretor de Inovação da 2GO OUT
Lígia Pinto – Presidente Associação Portuguesa de Engenharia Sanitária e Ambiental | Universidade do Minho
João Mendes – Engenheiro Eletrotécnico | Comunidades Energéticas
Ana Matos – Engenheira de Bioenergia na CapWatt

13H15

Pausa para almoço Volante

14H30

Painel de Debate

Sustentabilidade | Pilar Ambiental

Moderador – Paula Nunes da Silva- Quercus
Patrícia Gonçalves – Administradora Executiva da Área de Negócio de Ambiente do Grupo Monte
Miguel Campos – Coordenador de Exploração Águas do Norte
Ricardo Branco – Abreu Advogados (Intervenção Online)

15H30

Painel de Debate

Sustentabilidade | Pilar Social

Moderador – Carlos Santos – Coordenador de Programas de Aceleração Human Power Hub Braga
Cátia Sá Guerreiro – Professora na AESE Business School
António Dinis – CEO To Be Green
Rui Pedroto – Presidente da Assembleia Geral GRACE | Presidente da Comissão Executiva da FMAM

16H30

APRESENTAÇÃO | VISÃO INTEGRADA

 

Ivone Rocha – Presidente da Plataforma de Crescimento Sustentável

17H00

Sessão de Encerramento

Ricardo Rio – Presidente Câmara Municipal de Braga | World Mayor Sustainability Awarder

Oradores

Ana Matos

Engenheira de Bioenergia na CapWatt

António Dinis

CEO To Be Green

Cátia Sá Guerreiro

Professora na AESE Business School

Filipa Pantaleão

Secretária-geral do BCSD Portugal

Hélder Costa

Secretário Executivo para o Desenvolvimento Sustentável | Município de Braga

João Mendes

Engenheiro Eletrotécnico | Comunidades Energéticas

Lígia Pinto

Presidente Assoc. Portuguesa de Eng. Sanitária e Ambiental | Universidade do Minho

José Pimenta Machado

Vice-Presidente da APA

Patrícia Gonçalves

Administradora  Executiva Negócios do Ambiente Grupo Monte

Ricardo Rio

Presidente da Câmara Municipal de Braga

Rui Sá Morais

Presidente do Conselho de Administração da AGERE

Sofia Vieira

Diretora Geral AGERE

Miguel Campos

 Coordenador de Exploração Águas do Norte

Rui Pedroto

Presidente da Assembleia Geral GRACE | Presidente da Comissão Executiva da FMAM

Ivone Rocha

Presidente da Plataforma de Crescimento Sustentável

Ricardo Branco

Abreu Advogados

Oradores

$

Deslize para ver mais

Q
Ana Matos
Engenheira de Bioenergia na CapWatt

Habilitações Académicas
Licenciada em Engenharia Biológica, com Pós-graduação em Biotecnologia – Engenharia de Bioprocessos e Doutoramento em Engenharia Química e Biológica pela Universidade do Minho.

Frequentou o Programa Avançado de Gestão em 2015, na Porto Business School.

Atividade Profissional
Conta com um percurso de 18 anos no setor do waste-to-energy, tendo desempenhado diversas funções ao longo do percurso profissional, em toda a cadeia de negócio do setor.

Atualmente lidera a equipa de Bioenergy Engineering na Capwatt, equipa esta responsável pela engenharia, procurement e construção de todos os projetos de produção de biometano a partir da digestão anaeróbia de resíduos agroindustriais, nas diferentes geografias de atuação.

Q

António Dinis

CEO To Be Green

Habilitações Académicas
Professor Auxiliar do Departamento de Engenharia Têxtil, com Doutoramento em Engenharia Têxtil (maio de 2015), na temática da Inovação e da Competitividade na ITV.

Atividade Profissional
Professor Universitário, CEO e mentor científico do projeto TO-BE-GREEN.
Tem desenvolvido recentemente trabalho de investigação na área da Sustentabilidade, Economia Circular e da Indústria 4.0 na ITV, supervisionando trabalhos de doutoramento nessas áreas. Com vários artigos publicados nessas áreas, sendo revisor de várias revistas e jornais na área têxtil, incluindo a Economia Circular e o descarte de vestuário. Tem vindo a participar em vários grupos de trabalho setoriais, sendo de destacar o Cluster Têxtil – SIG VI “Digitalização da Manufatura e Novos Modelos de Negócio”.
Foi autarca durante oito anos, com pelouros diversos nas áreas de juventude e modernização administrativa.
É diretor do curso de Design e Marketing de Moda e assume a gerência da TO-BE-GREEN e dos contactos institucionais com as autarquias.

Q
Beatriz Emperatoni
Diretora Executiva UNICEF

Habilitações Académicas
Licenciada em Economia em 1996 pela Universidade Católica Portuguesa, com um AMP–Advanced Management Program, por Harvard em 2014.

Atividade Profissional
Assistente do Conselho para Assuntos de Regulação e Concorrência na Associação Portuguesa de Marcas de FMCG, entre 1998 e 2012.

Em 2008 foi nomeado Diretor Executivo, tendo assento no Conselho da Confederação da Indústria e assumindo a representação nacional a nível europeu.

De outubro de 2012 a agosto de 2017 foi vogal do Conselho de Administração do IGFSS – Instituto de Gestão de Ativos Financeiros da Segurança Social, na qualidade de Vogal executivo, supervisionando diretamente a gestão do património imobiliário nacional.

Diretora Executiva do Comité Nacional Português da UNICEF em setembro de 2017.

Q
Cátia Sá Guerreiro
Professora na AESE Business School

Habilitações Académicas
Licenciada em enfermagem pela Escola Superior de Enfermagem Calouste Gulbenkian de Lisboa.

Mestre em Saúde e Desenvolvimento com especialização em Gestão de Programas e Projetos pelo Instituto de Higiene e Medicina Tropical (IHMT) da UNL.

Doutorada, pela mesma entidade, em Saúde Internacional, ramo de Políticas de Saúde.

Atividade Profissional
Depois da passagem pelo Alto Comissariado da Saúde em 2009/2010, concretamente pela Coordenação Nacional para a Infeção VIH/SIDA, área da Cooperação, assumiu a Direção Geral de uma ONG portuguesa, não tendo desde então deixado o trabalho com o Setor de Economia Social.

Atualmente colabora com o IHMT em projetos de Cooperação e Investigação em Saúde Internacional, integrando o grupo Global Health and Tropical Medicine para as áreas de Recursos Humanos, Avaliação em Saúde e Planeamento Estratégico.

Na AESE assumiu em Maio de 2014 a Direção do GOS–Programa de Gestão de Organizações Sociais, é senior teaching fellow na área de Fator Humano na Organização e integra a equipa de Coaching. Dirige o Programa de Liderança no Feminino – One Steap Ahead.

Q
Filipa Pantaleão
Secretária-geral do BCSD Portugal

Habilitações Académicas
Licencia da em Engenharia do Ambiente na Faculdade de Ciência e Tecnologia (FCT) pela Universidade Nova de Lisboa em 2003. Realizou um MBA pela Faculdade de Ciências Económicas e Empresariais da Universidade Católica Portuguesa, em regime Full-time entre 2005 e 2006.

Atividade Profissional
Entre 2012 e julho de 2015, assume funções no Peru, onde se dedica à área de Energia, desenvolvendo projetos e concessão de aproveitamentos hidroelétricos, como Administradora das empresas Mota-Engil Energia Peru, Central Hidroelectrica Marañón (96MW) e CH Tarucani Generating Company (50MW).

Em meados de 2015, regressa a Portugal como Administradora da empresa Lokemark – Soluções de Marketing, S.A. do Grupo Mota-Engil, com a missão de implementar medidas para a reestruturação e posterior alienação da empresa, o que ocorreu em agosto de 2016.

Desde essa altura, regressou ao setor dos resíduos, tendo iniciado o seu percurso na EGF – Environmental Global Facilities (EGF).

Responsável pela estratégia de sustentabilidade, com vista à neutralidade carbónica e à melhoria da qualidade ambiental das empresas EGF. Em 2020, é nomeada Vogal do Conselho de Administração da Amarsul, S.A. – sistema multimunicipal de tratamento e recolha seletiva de resíduos urbanos da margem Sul do Tejo e, em 2021, da Resinorte, S.A – sistema multimunicipal de tratamento e recolha seletiva de resíduos urbanos do Norte Central.

Cofundadora da Women in ESG Portugal.

Q
Hélder Costa
Secretário Executivo para o Desenvolvimento Sustentável | Município de Braga

Habilitações Académicas
Mestrado em Engenharia Civil, especializado em Hidráulica e Meio Ambiente, prosseguiu os estudos com a pós-graduação em Controlo de Gestão e Execução na Porto Business School.

Atividade Profissional
Tem como principal missão apoiar organizações, públicas e privadas, a incorporar os princípios e valores da sustentabilidade, garantindo que estas realizem suas atividades de forma responsável, se tornem mais competitivas, promovendo a inovação e o desenvolvimento sustentável.

Trabalhou enquanto investigador na construção de metodologias de avaliação de sustentabilidade em campi universitários e enquanto assessor da Pró-Reitoria de Infraestrutura e Sustentabilidade da Universidade do Minho, universidade reconhecida em 2017 entre as 50 melhores do mundo nesse âmbito.

Atualmente, é membro do Gabinete de Apoio à Presidência da Câmara Municipal de Braga, apoiando a estratégia de desenvolvimento sustentável da cidade.

Formado em Engenharia Civil, especializado em Hidráulica e Meio Ambiente.

Recentemente, frequentou a pós-graduação em Controlo de Gestão e Execução Estratégica da Porto Business School, instituição em que já foi palestrante em eventos relacionados com o Desenvolvimento Sustentável.

Está identificado na lista das 100 Oportunidades, um projeto da Global Shapers Lisbon do World Economic Forum que promove 100 jovens referências nos mais diversos contextos para renovar o debate público em Portugal. Ao mesmo tempo, é coordenador do Grupo de Jovens Profissionais da APESB, um grupo formado para formar jovens profissionais do setor de água e resíduos em Portugal.

Q
João Mendes
Engenheiro Eletrotécnico | Comunidades Energéticas

Habilitações Académicas
Grau de Mestre em Engenharia Eletrotécnica e de Computadores pela Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto..

Atividade Profissional

Desenvolveu carreira como engenheiro eletrotécnico nas principais empresas de energia eólica em Portugal, ENERCON e SENVION (antiga REPOWER) e esteve envolvido, como Engenheiro de Projeto “Project Engineer” em diversos projetos de grande envergadura, superiores a 10 MW, num total de aproximadamente 500 MW de potência instalada.

Trabalhou na EDA (ELECTRICIDADE DOS AÇORES) e foi sócio fundador e gerente da empresa SOLIEMOE, como gestor comercial de contratos de eletricidade para grandes empresas.

Trabalhou na empresa EFACEC, no departamento engenharia de energias renováveis desempenhando atividades de Coordenador de Engenharia de Especialidade – Elétrica e Engenheiro de Projeto “Project Engineer” em diversos projetos fotovoltaicos de grande potência instalada.

Trabalha atualmente na empresa FINERGE, empresa líder em energia renováveis, como Gestor de Projeto “Project Manager” de projetos de energia renovável de grande potência instalada.

Q
Jorge Moreira da Silva
OCDE

Atividade Profissional
Licenciado em Engenharia Eletrotécnica e de Computadores pela FEUP, prosseguiu os estudos de pós-graduação em Alta Direção de Empresas na AESE – IESE Universidade de Navarra.

Habilitações Académicas
Ministro do Ambiente, Ordenamento do Território e Energia entre 2013 e 2015.

Gestor do Programa Global de Financiamento à Energia e às Alterações Climáticas no Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (UNDP), em Nova Iorque (2009 e 2012).

Diretor da Cooperação para o Desenvolvimento na OCDE, em Paris, liderando o Secretariado do Comité de Ajuda ao Desenvolvimento, entre novembro
de 2016 e abril de 2022.

Exerceu igualmente, desde Junho de 2022 até Abril de 2023, as funções de Senior Advisor da ONG Fourth Sector Group e de um consórcio de fundações internacionais, liderando o desenho de uma iniciativa internacional de reforma de sistemas económicos em países em vias de desenvolvimento.

Q
Lígia Pinto
Presidente Associação Portuguesa de Engenharia Sanitária e Ambiental | Universidade do Minho

Habilitações Académicas
Professora Associada com Agregação da UMinho, Doutorada em Economia pela Universidade da Carolina do Sul e Licenciada em Economia pela FEP.

Atividade Profissional
Experiência enquanto docente e também em investigação em diversas universidades dos EUA (University of South Carolina, University of Central Florida e University of California – Riverside).

Foi também visitante na Universidade da Beira-Moçambique, Universidade Nacional de Timor Leste e Universidade do Porto – FEP.

Com vasta experiência de lecionação de temas de Economia do Ambiente e Recursos Naturais, ao longo dos anos tem desenvolvido investigação em diferentes tópicos de Microeconomia Aplicada, em particular na área do Ambiente e Energia.

Publicou diversos artigos científicos em revistas internacionais de elevada qualidade. Tendo também publicado, em co-autoria, um livro de Economia do Ambiente.

Desde 2015 integra a Conselho diretivo da APESB, presidindo ao mesmo desde 2011.

Q
Patrícia Gonçalves
Administradora Executiva da Área de Negócio de Ambiente do Grupo Monte

Habilitações Académica
Licenciada em Engenharia do Ambiente pela Universidade de Aveiro, iniciou a sua carreira profissional em 2001 como estagiária no Grupo Monte. Frequentou o Curso Geral de Gestão na Business School do Porto onde realizou também uma Pós-Graduação em Economia, Gestão, Hotelaria e Turismo.

Recentemente frequentou o Curso de Gestão do Luxo na Católica Business School e uma Pós-Graduação em Desenvolvimento Sustentável no IPAM.

Atividade Profissional
Administradora de várias empresas do Grupo Monte em Portugal e Angola, integra ainda a Comissão Executiva do Grupo onde é responsável pela área de Negócio de Ambiente.

É Embaixadora Master de Portugal do Clube Mulheres de Negócio de Portugal, Membro do G100 e é fundadora da marca “Do Lixo ao Luxo®”, cuja inspiração é aliar o seu trabalho ao desenvolvimento pessoal.

Em Angola, a empresa que lidera recebeu vários prémios nos últimos anos e tem sido Professora convidada pela Universidade Agostinho Neto no Mestrado de Recursos Minerais e Ambiente e tem participado em vários congressos como palestrante convidada, em Portugal, Angola e Brasil.

Foi nomeada pela Revista Mulher Africana em 2022 como uma líder que inspira.

Q
José Pimenta Machado
Vice-Presidente da APA

Habilitações Académica
Licenciado em Engenharia do Ambiente pela Universidade de Aveiro, pós graduado em Engenharia do Ambiente, pela Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto, detém um Master in Public Administration, pela Universidade Católica e o Curso de Estudos Avançados de “Defesa Nacional”.

Atividade Profissional
Tem dedicado a sua vida profissional à área do ambiente, em matérias relacionadas com a gestão dos recursos hídricos.

Iniciou funções na Comissão de Gestão Integrada da Bacia Hidrográfica do Ave, planeando e coordenando ações de despoluição da Bacia Hidrográfica do Ave; Integrou as várias instituições regionais de Ambiente, onde desempenhou funções na gestão dos recursos hídricos.

Entre 2008 e 2011 foi Diretor de Departamento de Recursos Hídricos do Litoral, da ARH do Norte, e Administrador Regional da Administração da Região Hidrográfica do Norte, departamento descentralizado da APA, entre 2012 até 2018.

É, desde maio de 2018, Vice-Presidente do Conselho Diretivo da APA. Exerce as funções de Presidente do Conselho de Administração da Sociedade Polis Litoral Norte desde 2013, assim como de Presidente da Sociedade Polis Ria de Aveiro, desde 2018.

É membro da Direção do Instituto de Hidráulica e Recursos Hídricos, da Faculdade de Engenharia do Porto.

Q
Ricardo Rio
Presidente da Câmara Municipal de Braga

Habilitações Académicas
Licenciado em Economia pela Faculdade de Economia do Porto, onde completou também a parte curricular do Mestrado em Economia.

Curso Avançado de Estudos Políticos do IEP, da Universidade Católica de Lisboa.

Atividade Profissional
Secretário-Geral da Associação Portuguesa de Analistas Financeiros e Diretor do Instituto Mercado de Capitais da Euronext Lisbon. Em paralelo, exerceu durante vários anos a atividade de consultadoria pública e empresarial, tendo sido consultor em diversos Programas da Porto Business School.

Ao longo da sua carreira, colaborou com entidades como a CCDRN – Comissão de Coordenação e Desenvolvimento da Região Norte; a AEP – Associação Empresarial de Portugal; a Associação Industrial do Minho; o IFCTS – Instituto para a Formação do Comércio, Turismo e Serviços; a Pamésa; a Astrolábio; a Universidade Fernando Pessoa; o Instituto de Gestão dos Fundos de Capitalização da Segurança Social; a Fundação para a Ciência e Desenvolvimento da Câmara Municipal do Porto; a Euronext Lisbon; a QI–Quociente de Imagem; a ComunicAction; e diversas Autarquias (por via direta ou pelo trabalho conjunto com a Sigma–Team Consulting).

Prestou ainda assessoria ao Conselho de Administração da Casa da Música e à Fundação Cidade de Guimarães.

Membro da Assembleia Municipal de Braga, no mandato de 2001 a 2005. Assumiu funções como Presidente da Câmara Municipal de Braga desde 2013. Actualmente é Presidente da Direcção da Associação transfronteiriça de municípios “Eixo Atlântico do Noroeste Peninsular”, é Presidente do Conselho Executivo da Comunidade Intermunicipal do Cávado e preside aos Conselhos de Administração das Empresas Municipais Theatro Circo e InvestBraga.

Membro do Comité Executivo da rede EUROCITIES e do Comité Executivo do Global Parliament of Mayors, do Comité das Regiões e da direcção da ATP (Associação de Turismo do Porto).

Q
Rui Sá Morais
Presidente do Conselho de Administração da AGERE

Habilitações Académicas
Licenciou-se em Economia na Faculdade de Economia do Porto e concluiu ainda o Curso de Pós-graduação em Finanças Empresariais na Universidade Lusíada.

Atividade Profissional
Na sua atividade profissional, integrou desde 2001 os quadros do Grupo TMG (Têxtil Manuel Gonçalves) onde exerceu, na TMG Automotive, as funções de Financial Manager. Desempenhou ainda as funções de Financial Adviser em empresas detidas pelo Grupo TMG, como é o caso da Helisuporte, Heliportugal, TTC Aviation, Casa Agrícola de Compostela, Caves Transmontanas e CVQ- Distribuição e Comércio de Bebidas. Nas últimas duas exerceu também a função de gerente.

No ano de 2003, desempenhou funções de Controller na Unidade de Malhas da Têxtil Manuel Gonçalves, S.A. do Grupo TMG, acumulando com a função de responsável pelo Departamento Logístico.

Ao longo da sua carreira, estagiou entre 1999 e 2000, na sociedade JOAQUIM GUIMARÃES, MANUELA MALHEIRO E J. C. FARIA, Sociedade de Revisores Oficiais de Contas, exercendo funções de Auditor Externo (Técnico Auxiliar de Revisor Oficial de Contas) nas áreas de Contabilidade, Auditoria Financeira ou Contabilística, Auditoria Fiscal e Consultoria Contabilística e Fiscal em diversas empresas.

Entre 2000 e 2001, desempenhou no SPORTING CLUBE DE BRAGA, funções de Economista, integradas no Departamento Financeiro (através deste clube, exerceu iguais funções na SPORTING CLUBE DE BRAGA – FUTEBOL, S.A.D. e na INVESTIBTAGA – Investimentos Imobiliários, S.A.).

Colaborou, na área de Análise de Projetos, da empresa MORAIS & MORAIS – Contabilidade e Auditoria, Lda, desde 1998 até 2013.

Tomou posse como Administrador Executivo da AGERE – Empresa de águas, Efluentes e Resíduos de Braga, EM, a 15 de novembro de 2013, cargo que desempenhou até 31 de dezembro de 2017.

Em 03 de Março de 2015 é nomeado Administrador Não Executivo da SGEB – Sociedade Gestora de Equipamentos de Braga S.A..

 

Desde 1 de janeiro de 2018 é Presidente Não Executivo do Conselho de Administração da AGERE bem como como Presidente Executivo do Conselho de Administração da BRAVAL.

Q
Sofia Vieira
Diretora Geral AGERE

Habilitações Académicas
Licenciada em Engenharia Civil pela Universidade do Minho, em 1992.

Atividade Profissional
Engenheira Civil, inicia funções, como estagiária, nos SMAS de Braga, em 1992, para acompanhamento da empreitada de construção da ETAR de Frossos.

Integra os quadros em maio de 1994, com as funções de fiscalização e acompanhamento de empreitadas, execução de projetos de saneamento e de abastecimento de água e gestão de processos candidatados aos Fundos Comunitários

Num percurso profissional sempre ligado aos SMAS e posteriormente AGERE, passa pelas Coordenações de Projeto de Saneamento, Apoio Técnico à Conceção e Controlo de Grandes Obras, Apoio Técnico à Administração e Direção Geral, Direção de Novos Negócios, Direção de Tratamento e Exploração de Saneamento, Direção de Engenharia e, em 2017, assume a Direção Geral, onde permanece até ao presente.

Q
Miguel Campos
Coordenador de Exploração Águas do Norte

Habilitações Académicas
Licenciado em Engenharia Biológica, ramo de Controlo de Poluição, pela Escola de Engenharia da Universidade do Minho.

Pós-graduado em Engenharia do Ambiente, no ramo do Tratamento de Água e Águas Residuais, pela Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto.

Frequentou o Programa Avançado de Gestão, Economia e Gestão Empresarial, na Católica Porto Business School.

Atividade Profissional
Engenheiro biológico, especialista em engenharia sanitária, exerce a sua profissão no setor da água há 25 anos.

Iniciou a sua atividade em diversas empresas privadas e ingressou no Grupo Águas de Portugal há 22 anos, em Vila Real. É atualmente coordenador de exploração no distrito de Vila Real na Águas do Norte, do Grupo Águas de Portugal.

Coordena a implementação do Plano de Ação Regional para a Reutilização de Água na Águas do Norte.

Como dinamizador desta temática, tem estado envolvido em vários projetos de reutilização de águas em diversos setores, nomeadamente para suporte de ecossistemas, uso urbano, uso industrial, rega paisagista e rega agrícola.

Q
Ivone Rocha
Presidente da Plataforma de Crescimento Sustentável

Habilitações Académicas
Advogada, Licenciada em Direito e Mestre em Direito Público, pela Universidade de Coimbra, com tese sobre “Tutela Ambiental”.

Atividade Profissional
Fundadora e membro do comité executivo da EFELA (European Federation of Energy Law Association), é também fundadora e membro da direção da Associação Portuguesa de Direito de Energia.

Com vários artigos publicados na área da energia e do ambiente, é co autora do livro “Chance to Change” sobre o impacto do Acordo de Paris e do livro “Climate Chance” sobre o mercado regulado de carbono no Protocolo de Quioto.

Subscritora do movimento Mulheres pelo Clima, presidente do Conselho Fiscal da Associação Portuguesa do Veiculo Elétrico e membro da ONG Business as Nature.

Q
Ricardo Branco
Abreu Advogados

Habilitações Académicas
Licenciatura em Direito, Mestrado em Direito na especialidade de Ciências Jurídico-políticas e Doutoramento em Direito na especialidade de Ciências Jurídico-políticas, pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa.

Atividade Profissional
Ricardo Branco é Consultor da Abreu Advogados desde 2015, trabalhando essencialmente nas áreas do Direito Público e Ambiente, nomeadamente do Direito Constitucional aplicado, do Direito Administrativo geral, do Contencioso Administrativo, do Direito dos Resíduos, do Direito do Urbanismo, do Direito dos Recursos Naturais e do Direito da Energia.

Desenvolve a sua atividade através da elaboração de pareceres nas referidas áreas, bem como no apoio à elaboração de legislação e regulamentação, e na representação de clientes junto dos tribunais administrativos e do tribunal constitucional, onde a sua experiência enquanto Professor de Direito Constitucional desde 2002, bem como, desde 2017, de Direito do Contencioso Administrativo, de Direito da Água e dos Resíduos, de Direito dos Recursos Naturais e das Energias Renováveis e Direito do Urbanismo, nomeadamente aos níveis da licenciatura, mestrado e Doutoramento em Direito é determinante.

Conta ainda com vasta experiência no apoio à conceção de instrumentos legislativos e regulamentares para os Governos de diversos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa.

Previamente à sua admissão na Abreu Advogados, prestou assessoria jurídica na área do processo legislativo e do Direito Constitucional geral a sucessivos Secretários de Estado da Presidência do Conselho de Ministros bem como ao Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior e ao Ministro Adjunto e do Desenvolvimento Regional de diferentes Governos portugueses.

Q
Rui Pedroto
Presidente da Assembleia Geral GRACE | Presidente da Comissão Executiva da FMAM

Habilitações Académicas
Licenciado em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra em 1984.

O seu currículo académico engloba ainda formação em Direção de Empresas (AESE – XVI PDE – 1999), Programa Executivo em Administração Pública (INA – 2004), Diploma de Especialização Cooperação para o Desenvolvimento (INA – 2006) e Curso de Estratégia Empresarial (Escola deGestão do Porto – 2007).

Atividade Profissional
É atualmente Vogal do Conselho de Administração da Fundação Manuel António da Mota desde 2011, Presidente da Comissão Executiva desde 2014 e, ainda, Secretário da Mesa da Assembleia Geral da Mota- Engil SGPS, SA.

Iniciou o seu percurso profissional como Advogado, atividade que exerceu até 1993, com especial incidência nas áreas do direito civil, comercial e laboral. Durante esse período exerceu atividade docente no ensino politécnico. Paralelamente e a partir de 1988 iniciou o exercício de funções no mundo empresarial e das organizações. Como Técnico de Recursos Humanos na Aliança Seguradora (atual AGEAS), entre 1988 e 1990, e como Coordenador de Recursos Humanos na área imobiliária do Grupo SONAE, entre 1990 e 1991, com posterior passagepela empresa Contacto (Grupo SONAE), onde desempenharia funções de Diretor Jurídico e de Recursos Humanos até 1993.

Ingressa em 1993 na Mota &Companhia (atual Mota-Engil) para assumir o cargo de Diretor de Recursos Humanos e posteriormente na empresa MESP, Mota-Engil Serviços Partilhados e de Gestão, no mesmo cargo, funções que exerceu até 2002. A ligação ao Grupo Mota-Engil que se mantém até hoje, foi interrompida por uma passagem pela extinta Fundação para oDesenvolvimento Social do Porto em 2002, como Vogal do Conselho Executivo, e pelo desempenho de funções públicas enquanto Diretor do Centro Distrital da Segurança Social do Porto, entre 2002 e 2005.

Assumiu, no seu regresso à Mota-Engil, a criação e chefia da Direção de Responsabilidade Social, Corporativa e Sustentabilidade do Grupo, desde 2005 até 2010, acumulando entre 2008 e 2010 funções de chefia da sua Direção de Comunicação e Imagem. É Secretário da Mesa da Assembleia-Geral da Mota-Engil SGPS, S.A. Acumula ainda, a título gracioso, as funções de Vogal do Conselho de Administração da Fundação AEP, Presidente da Mesa da Assembleia Geral do GRACE – Empresas Responsáveis, Presidente da Mesa da Assembleia-Geral da associação “Arco Maior”, membro da Direção das associações EPIS – Empresários pela Inclusão
Social e “Bagos D’Ouro”. É membro do Conselho Consultivo do Centro Nacional de
Competências para a Inovação Social, membro do Conselho Estratégico da Coimbra Business School – Instituto Superior de Contabilidade e Administração de Coimbra (ISCAC) e membro do Conselho Consultivo da Escola Profissional de Tecnologia Psicossocial do Porto.

Inscrição

Inscrição

O período de Inscrições já terminou.

Sobre a Conferência

Por um futuro mais verde e responsável

Acreditamos que as empresas desempenham um papel crucial na construção de um futuro mais equitativo e ecologicamente consciente.

Esta conferência oferece uma plataforma para colaboração, aprendizagem e reflexão coletiva sobre como redefinir os padrões de sustentabilidade. Preencha o formulário de inscrição e junte-se a nós.